Carro usado que não para de dar defeito

carro-quebrado

Amigos, resolvi trazer este tema hoje pois nos últimos meses tenho conversado com várias pessoas passando por este problema (em sua maioria motoristas já parceiros do aplicativo Uber ou então que também estão querendo começar na profissão para aumentar seus lucros).

Aos olhos do consumidor leigo em matéria de mecânica, a concessionária pinta a ideia de que será um ótimo negócio, que o veículo parece novo. De boa-fé, o comprador que está de frente a um carro visualmente bem conservado e que faz um test drive sem maiores problemas acredita estar entrando em um negócio justo. Mas é só sair da loja que a maquiagem feita no produto vai se desfazendo para os vícios aparecerem. A partir daí, vai de tudo. Já vi caso de um único veículo apresentar em sequência problemas no motor, ar condicionado, vidros elétricos e lanterna.

É importante que o consumidor entenda seus direitos. Mesmo que a concessionária diga que não oferece garantia a seus carros ou então que a garantia está limitada a determinadas peças, não é bem assim. O Código de Defesa do Consumidor estabelece a garantia legal de noventa dias para o veículo completo.

Então, se o veículo apresentar algum problema técnico neste prazo, o consumidor tem direito de exigir seu conserto. E este conserto deve ser realizado no prazo máximo de trinta dias e em uma única ida a assistência técnica mecânica. Também não é certo que o automóvel fique indo e vindo toda semana com um novo problema.

Resumidamente, o direito do consumidor não está sendo respeitando quando a concessionária se nega a consertar o defeito, quando não o conserta em até trinta dias ou então quando o carro volta a apresentar o mesmo problema após a volta da assistência técnica mecânica. E aí, estabelece o CDC que o comprador poderá optar livremente por desistir do negócio de compra e venda (devolvendo o carro para a loja e reavendo tudo aquilo que pagou corrigidamente), a troca do veículo ou então abatimento proporcional no preço em razão dos problemas que surgiram.

Esteja atento consumidor, exija seus direitos!

Comment (1)

  • Heidi Reply

    Good to find an expert who knows what he’s tankilg about!

    29 de abril de 2017 at 03:06

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *