Os direitos do consumidor no restaurante

restaurante

Olá amigos, hoje eu vou comentar algumas práticas abusivas que tem acontecido tanto em bares e restaurantes que acabam aparentando estar de acordo com a lei.

Antes de mais nada vamos esclarecer que qualquer coisa servida sem pedido do cliente é considerada amostra grátis, cortesia. Então, se o garçom trouxer um couvert, um petisco ou qualquer outra coisa por conta própria e colocar na mesa ela não poderá ser cobrada posteriormente.

E falando em cobrança, temos uma outra irregularidade (esta costuma ser mais presente em bares) que é em relação a cobrança do couvert artístico. Não é ilegal a existência da taxa, porém o cliente precisa ser avisado sobre ela e seu valor antecipadamente.

Já no final, na hora de fechar a conta, tem restaurantes que insistem em adicionar os 10% do garçom sem antes consultar o cliente. O pagamento da gorjeta é opcional e a vontade do consumidor é soberana: ele paga se quiser, independentemente do atendimento ter sido bom ou ruim.

E finalmente, se o estabelecimento for aqui no estado do Rio de Janeiro, ele é obrigado a fornecer gratuitamente água filtrada a seus clientes. Neste quesito estou vendo acertos, pois em todos os locais em que estive os atendentes estavam bem informados da lei e cumpriram sem nenhum problema.

Comment (1)

  • Gracelin Reply

    I do agree with all the ideas yo2v#8u17;&e presented in your post. They are very convincing and will certainly work. Still, the posts are too short for newbies. Could you please extend them a little from next time? Thanks for the post.

    29 de abril de 2017 at 05:00

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *